RESULTADO DA VOTAÇÃO

LISTA A = 1.006 VOTOS = 38 MANDATOS

LISTA B = 615 VOTOS = 23 MANDATOS

Fotos da Campanha

Conheça a LISTA A

Programa - OS NOSSOS COMPROMISSOS

Veja aqui o nosso programa completo

31/01/08

Sessões nas Secções - Carnide. Reportagem


No seu périplo pelas secções, o candidato à presidência da Concelhia de Lisboa, Miguel Coelho esteve hoje presente na secção de Carnide. A reunião realizou-se nas instalações da Junta de Freguesia, onde estiveram presentes muitos apoiantes da secção que quiseram também ouvir o Miguel Coelho e demonstrar-lhe o seu apoio para as eleições de dia 7 de Março.
A apresentação da candidatura, consistiu na intervenção do candidato e centrou-se em dois eixos fundamentais e que considera serem essenciais para o futuro do Partido, o cumprimento de dois objectivos, a nível externo e interno.
Miguel Coelho referiu a importância do ano de 2009, como sendo um ano de três eleições decisivas: as Legislativas, as Europeias e as Autárquicas. Salientou a importância que uma forte mobilização do Partido terá para as respectivas vitórias, por isso, e por ser um político com uma alargada experiência, tendo dado mostras do seu trabalho à frente da Concelhia de Lisboa nos últimos anos, assegurou que se encontra em condições para liderar e mobilizar o Partido Socialista em Lisboa, para mais estes combates políticos que se avizinham.
No que diz respeito a uma lógica interna, Miguel Coelho afirmou que dado ser este o seu último mandato, tenciona estabelecer as condições adequadas para que se faça no futuro uma transição tranquila, retendo as boas experiências praticadas em mandatos anteriores, acrescentadas de inovação.
O candidato referiu que enquanto à frente da Concelhia o PS Lisboa tem sido um Partido amplo, ouvindo as preocupações dos seus militantes. Mencionou também, a importância da Reforma Administrativa da Cidade, colocando a ressalva, de que as fusões de freguesias terão que ser bem analisadas, caso a caso, se necessário. Esteve sempre presente nas suas intervenções um apelo aos militantes, para a continuação do apoio ao Presidente da Câmara de Lisboa, o camarada António Costa, que tem desempenhado de modo muito eficaz a sua função, apesar das dificuldades orçamentais com que a Câmara se debate. Salientou ainda que a continuação do trabalho iniciado na actual governação conduzirá à vitória das Autárquicas em 2009.
Assim, foi em nome dos combates externos e da continuidade, os principais motivos que levaram o Miguel Coelho a recandidatar-se à Concelhia de Lisboa.
Como membro do secretariado da secção de Carnide poderei afirmar que foi uma sessão bem participada pelo conteúdo dos temas trazidos a discussão. Os militantes tiveram uma intervenção em que apresentaram ideias num quadro “Governança” para a cidade, nomeadamente, no seguimento da própria Reforma Administrativa da Cidade, através de parcerias público-privadas, em diferentes áreas da Gestão e Planeamento da Cidade, tais como na Reabilitação Urbana, no Estacionamento, entre outras. Houve também militantes que propuseram que fosse promovida uma maior interligação entre o Partido e os seus autarcas.
Foi com enorme satisfação que mais uma vez recebemos o Miguel Coelho em Carnide. Em anteriores situações, atento às problemáticas locais, visitou-nos na qualidade de Deputado Municipal e Presidente da Concelhia, hoje como candidato ao próximo mandato, que marcará mais uma vitória do Miguel Coelho como Presidente da Concelhia de Lisboa.
Tereza Bhatt
Secretariado da Secção de Carnide; CP Concelhia de Lisboa
.
.
.

30/01/08

Jantar 6 meses de (boa) governação socialista na CML


.

Completam-se agora seis meses sobre a posse do novo executivo socialista da Câmara Municipal de Lisboa. Tem sido um tempo de grandes desafios e de muito trabalho para conseguirmos ultrapassar a dificílima situação que nos foi irresponsavelmente legada pelos executivos da direita que nos antecederam.

Para que o nosso esforço seja bem sucedido precisamos da mobilização permanente, empenhada, activa, solidária e crítica de todos os nossos apoiantes - socialistas de Lisboa e independentes de vários quadrantes e domínios de actividade.
Para partilharmos convosco a experiência deste meio ano e, sobretudo, para olharmos o futuro em conjunto, convido-o a participar no jantar que se realiza no próximo dia 31 de Janeiro, pelas 20 horas, no Pavilhão de Congressos da antiga FIL.
A nossa candidatura foi uma candidatura aberta, de mudança e de esperança para Lisboa. Quero que a nossa acção na Câmara prossiga esses valores, honrando a responsabilidade que assumimos perante todos os lisboetas. Estamos, como prometemos, a arrumar a casa e a preparar o futuro da nossa cidade. O seu contributo e o seu apoio são fundamentais. Conto com ele.
Com um abraço afectuoso, agradeço desde já a sua participação

.
Inscrições:

Maria João Correia: 96.630 08 52

Cândida Madeira: 91.757 36 44

Custódia Fernandes: 91.758 84 63

Secção do Limoeiro: 21.886 19 14

.

Preço por pessoa: 15 euros

.

.

Sessão nas Secçoes - Alvalade

.
O Miguel Coelho vai estar hoje na
.
Secção do PS ALVALADE
.
A sessão, aberta a todos os Militantes do PS, inicia-se às 21,30 h.
A sessão realiza-se no HOTEL ROMA.
.
.
.
.
.

Sessões nas Secções - Lumiar. Fotos (2 de 2)


Sessões nas Secções - Lumiar. Fotos (1 de 2)


[Via PS Lumiar]

29/01/08

Sessões nas Secções - Carnide

.
.
O Miguel Coelho vai estar hoje na
.
Secção do PS CARNIDE.

A sessão, aberta a todos os Militantes do PS, inicia-se às 21 horas.

A sessão realiza-se na Junta de Freguesia de CARNIDE.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
..
.
..
.
.

Sessão nas Secçoes - Lumiar

Hoje estivemos no Lumiar.
Não entendo os que criticam a falta de militância do Partido Socialista, nem os que constantemente afirmam que os Partidos Políticos não conseguem ser atractivos, dinâmicos e (bem) interessantes. É que hoje, no Lumiar, perto de meia centena de Militantes Socialistas se deslocaram à sua Secção para ouvir o candidato à presidência da Concelhia de Lisboa Miguel Coelho.
De facto, a sala foi bem pequena e foi devido ao seu recente aumento (retiraram o bar) que todos couberam no seu espaço. Ainda assim foram necessárias cadeiras extras, e alguns houveram que ficaram de pé.
No Lumiar, gente de bem, e de muitos encontros na blogosfera, deparei-me com uma Secção muito mobilizada, activa e interventiva. É confortante, confesso, verificar o nível de preparação política que vou descobrindo nos Militantes do PS; verificável na qualidade das suas intervenções. De facto, parece tornar-se hábito a partilha de protagonismo entre o candidato e a plateia que assiste; tal a intimidade das sessões a que tenho assistido.
Os principais temas de hoje versaram a vida da Concelhia e do PS Lisboa. Ao contrário de Marvila, com muitas interrogações locais (naturais, numa Freguesia de grande expansão), os militantes do Lumiar concentraram-se no futuro da Concelhia, nas ideias e conceitos de renovação que o Miguel Coelho apresenta (uma renovação com base na experiência), da ligação da Concelhia à vida autárquica e, tema cada vez mais forte na nossa campanha, a questão da reorganização da cidade e do Partido em Lisboa.
O Miguel Coelho, visivelmente agradado com a recepção, repisou as principais razões da sua candidatura: apoio ao ano eleitoral de 2009, especialmente às eleições autárquicas; e contribuir para a necessária renovação do Partido Socialista em Lisboa.
Uma renovação na Experiência.
Terminámos a noite com mais uma recolha de «perguntas ao Miguel», de facto uma iniciativa de sucesso nesta campanha; a provar que a inovação e a criatividade conseguem desenvolver um espaço político interessante, se devidamente apadrinhadas e alimentadas.
Assim faz sentido estar na política. Foi mais uma boa sessão.
Amanhã vamos a Carnide.

.

.

Sessões nas Secções - Marvila. O video.

MARVILA
.


.
.
.

28/01/08

Sessões nas Secções - Lumiar

O Miguel Coelho vai estar hoje na Secção do PS Lumiar.
A sessão, aberta a todos os Militantes do PS, inicia-se às 21 horas.
..
.
...

. .
.

25/01/08

Sessões nas Secções - Marvila




Iniciaram-se ontem as Sessões de esclarecimento nas Secções do PS Lisboa. Em Marvila.
A escolha não foi inocente, pois é bem conhecida a ligação do Miguel Coelho a esta zona da cidade, onde, como deputado e Presidente da Concelhia, tem, ao longo dos anos, desenvolvido uma relação de intimidade política (e pessoal) pouco comum nos tempos da política profissional e distante.
.
Numa sala cheia - quase 50 pessoas - realizou-se a primeira acção de campanha desta candidatura. A mobilização, que voltou a surpreender, lembrou o momento de grande entusiasmo que se vive em torno desta candidatura, e recordou o sucesso do tal jantar das 600 pessoas, que tanto tem impressionado os menos atentos.
.
Num discurso emotivo, o Miguel Coelho apresentou as principais razoes da sua candidatura: o ciclo eleitoral de 2009, e o necessário reforço eleitoral do projecto autárquico do PS em Lisboa; e a renovação da Concelhia de Lisboa, uma renovação com qualidade que, aliada à experiência, procure uma revitalização consciente, consequente e criteriosa.
.
Nas muitas intervenções do público entendeu-se porque o Miguel Coelho por vezes se referia a Marvila como a «sua Secção», tal a qualidade e o carácter do apoio demonstrado. Nas muitas intervenções destacam-se as declarações de apoio e a intensidade e pertinência das questões colocadas, muitas delas dirigidas ao «deputado Miguel Coelho», por se dirigirem a problemas gerais da zona (a questão dos Hospitais e centros de Saúde, do IPO, da nova ponte, do TGV, etc).
Na longa resposta – pois respondeu individualmente a cada uma das questões colocadas – o Miguel não deixou de assumir a responsabilidade de ser deputado eleito pelo Distrito de Lisboa, e prestou os esclarecimentos necessários e desejados pelos muitos militantes que se deslocaram à excelente secção da zona oriental de Lisboa.
.
Foi ainda relembrada a importância do trabalho do Miguel Coelho na zona de Marvila; nomeadamente o seu labor como Presidente da Concelhia do PS Lisboa na decisiva vitória eleitoral de 2005, onde Marvila foi conquistada ao Partido Comunista, mas também na já frutuosa relação assumida com o recém eleito, Presidente da CML, o nosso camarada António Costa. Recordaram ainda o trabalho que o Miguel Coelho como deputado tem produzido quer em sede parlamentar, quer junto do Governo, sempre defendendo a melhoria da qualidade de vida das pessoas dessa zona da cidade.
.
A sessão terminou já perto da meia-noite, já em clima de amena confraternização. Foram produzidos alguns vídeos, que serão editados futuramente. As fotografias, algumas já expostas neste post, são da responsabilidade da camarada Ana Catarina Caldeira, que já tinha produzido
este excelente trabalho sobre o jantar.
.
Que todas as sessões sejam regidas por esta bitola: qualidade, quantidade, critério e consequência. Assistir a estas sessões relembra que ainda se faz Política nas secções do PS Lisboa, que ainda existe o humilde trabalho de base, junto dos cidadãos, que a força do PS reside, de facto, nos seus Militantes.
.
Obrigado Marvila.
.
.
.

A voz ao Militante

A camarada Clara Pinto questiona o Miguel Coelho sobre a área da Cultura.




Política e Cultura

A visibilidade da intervenção política na cidade, no que respeita à Cultura, merece da Comissão Política Concelhia de Lisboa toda a atenção. As políticas culturais têm de ser debatidas, até para torná-las mais próximas das populações, e os seus agentes, quer sejam decisores políticos, públicos ou produtores culturais, devem dialogar entre si, para que necessidades e ofertas, projectos e realizações, conceitos e teorias, sejam tão abrangentes quanto o necessário para que a Cultura seja uma das alavancas da mudança que desejamos para Lisboa.

No passado dia 11 de Janeiro, a Comissão Política Concelhia reuniu com a Vereadora eleita pelo PS com o Pelouro da Cultura, Rosália Vargas. Os militantes presentes nesta reunião, tiveram a possibilidade de debater o que pensam e o que querem da cultura em Lisboa, de apresentar as suas reflexões sobre a forma como está a decorrer a governação da Cidade neste domínio, assim como apresentar ideias e projectos. A Vereadora ficou consciente que a Comissão Política Concelhia está atenta também neste sector, e percebeu igualmente que o Partido Socialista tem entre os seus militantes cidadãos empenhados e esclarecidos sobre a valia e o efeito que as políticas culturais têm na vida da Cidade.

Anabela Valente
Secção do PS Cultura & Almirante Reis
.
.-
.

COERÊNCIAS

Gostei de ler a Declaração de voto do Deputado Miguel Coelho, lider da Concelhia de Lisboa do PS, após a votação na Assembleia da República das alterações à Lei dos Orgãos Autárquicos.
Da mesma maneira que já tinha gostado de ouvir no debate da Antena 1, o Presidente da Junta dos Olivais, o socialista Rosa do Egipto discordar de parte do articulado daquela lei, considerando-a uma aberração.
Como também gostei de ver a liberdade de voto que foi dada aos Presidentes de Junta eleitos pelo PS, ontem na Assembleia Municipal, aquando da votação da Moção de repúdio dessa Lei.
Isto tudo para dizer que a Liberdade, tanto de expressão como de pensamento, é um direito que no PS devemos sempre usar, mesmo quando não concordamos...mas temos que aceitar. Como disse em tempos Mário Soares, também temos o direito à indignação.
Continue a ler aqui.
Luis Coelho in Suspeitix

24/01/08

Sessões nas secções. Marvila

Hoje o Miguel Coelho vai estar em Marvila, na Secção local, para uma acção juntos dos Militantes.
A sessão inicia-se pelas 21.30h.

23/01/08

A Voz do Militante

No próximo dia 7 de Março vão realizar-se eleições para a Comissão Política Concelhia de Lisboa e também para as secções do Partido Socialista.
Como é sabido, o voto é individual e secreto. Cada um vota livremente conforme a sua consciência.
O acto de votar em eleições livres e sérias como, felizmente, acontece em Portugal desde que num radioso dia 25 de Abril venceu a revolução dos cravos é, talvez, o momento mais grandioso de qualquer democracia.
É um direito de cada cidadão não revelar o seu sentido de voto, porque é secreto, mas muitos eleitores, como eu, não têm quaisquer problemas em revelarem em quem vão votar ou em quem votaram, mesmo que, como já me aconteceu, o farão num candidato que não era o apoiado pelo partido.
E, nestas eleições, eu vou votar no camarada Miguel Coelho. Por muitas razões, mas principalmente porque reconheço nele qualidades de trabalho, honestidade e dedicação, nunca se poupando a esforços quando se trata de servir o Partido Socialista, coordenando uma equipa composta por jovens militantes de grande valor, mostrando o seu altruísmo ao colocar em terceiro lugar da lista uma mulher como a camarada Carla Madeira, inteligente, activa, possuidora de uma carga de humanismo que a leva a estar sempre disponível para ouvir e ajudar os outros.
É por tudo isto que na eleição para a Secção do Bairro Alto, eu vou votar na camarada Carla Madeira.
É certo que aconteceram alguns desaires, como acontece a todos e em todos os mandatos, mas as vitórias e principalmente termos ganho novamente a Câmara Municipal de Lisboa com o camarada António Costa, em condições extremamente adversas, foi muito importante o trabalho de mobilização activa do Camarada Miguel Coelho sem o qual, tenho a certeza, não teríamos conseguido este resultado.
Conheço o suficiente este candidato para garantir que, também desta vez, apresentará uma equipa que estará à altura dos grandes desafios que nos esperam em 2009: eleições para as Autarquias, para a Assembleia da República e para o Parlamento Europeu. Perante estas responsabilidades que todos os militantes do Partido Socialista têm que assumir, penso que, mais do que nunca, precisamos de ter nos Orgãos do Partido pessoas com experiência, dedicadas, inteligentes, como o são o Camarada Miguel Coelho e a Camarada Carla Madeira.
E porque em equipa que ganha não se mexe, eu vou votar, conscientemente, na lista encabeçada pelo nosso Camarada Miguel Coelho.

Jacinto Vinhas Ferraz
Secção do Bairro Alto

Ainda o Jantar

Recordamos que pode ver o que já escrevemos e filmámos aqui.
Pode ainda ver as fotografias aqui e aqui.
Pode, por fim, ver os videos no canal de TV criado especialmente para a campanha aqui.
Sabemos que já passaram alguns dias sobre o evento, mas continuam a chegar e-mails referindo o excelente jantar de lançamento de candidatura, como aquele que abaixo publicamos :
.
.
Caro Miguel,
Parabéns pela excelente reunião de sexta feira passada. Além do respectivo simbolismo, é sempre bom rever velhos amigos desta ou doutras lutas, que passamos anos sem ver. Desejo-lhe a maior sorte na sua eleição e no que depender de nós (Almirante Reis – Tiago Bastos) estamos aqui para ajudar e trabalhar no sentido da sua reeleição.
Como antigo coordenador quer da JS quer do PS Almirante Reis, sei o quanto é difícil mobilizar as pessoas e, muito em particular o Partido Socialista e as suas bases. Mas, como disse ontem, é preciso fazê-lo com dedicação, sacrifício e muito (muito mesmo trabalho).
Gostei especialmente do seu discurso, no que toca à amizade, seja ela pessoal ou politica. Pelas mesmas razões, voltei agora à actividade politica (nos últimos 15 anos tenho resumido a minha participação à freguesia de Santa Justa, onde acredito ser possível fazer algo pelas pessoas a toco de nada, a não ser realização humana): pela amizade já longa com o Tiago e pela necessidade que sinto de dar um rumo àquele que já foi o maior núcleo do Partido Socialista (e da Juventude Socialista).
Boa sorte e conte connosco.
Um forte abraço e saudações socialistas,
Joaquim Costa
Secção de Almirante Reis

22/01/08

Mais Fotos do Jantar


Veja aqui como Ana Catarina Caldeira, da Secção de Marvila, fotografou o Jantar.
.
.

21/01/08

Intervenção do Miguel Coelho no jantar da candidatura

Sondagem

Já viu a nossa sondagem?
.
Está na banda direita deste blogue, bem identificada.
.
Queremos saber quais os temas que prefere que sejam tratados no Programa que estamos a preparar.
.
Por agora os temas que receberam mais votos são os relativos à Reorganização Administrativa da Cidade e à Reorganização do Partido Socialista em Lisboa.
.
Que temas quer ver debatidos?
.
Vote. Você ajuda a decidir.

Intervenção da Jorge Coelho



.
.

20/01/08

Intervenção da Carla Madeira



.
.

Excelente Lançamento de Candidatura

Como Paulo Baptista no PS Belém viu o Jantar

Realizou-se no passado dia 17 o jantar de apoio à candidatura do camarada Miguel Coelho à Presidência da Comissão Política da Concelhia de Lisboa do Partido Socialista. Foi com grande satisfação que vi a adesão e apoio ao seu projecto, parecia um jantar de apoio a uma candidatura a nível nacional. Infelizmente faltaram lugares para todos. Perspectivo uma grande vitória.

O nosso camarada José Reis Santos fez uma excelente apresentação do blog da candidatura, sendo as novas tecnologias e neste caso o blog, uma das melhores vias de comunicação para fazer chegar a informação a todos, sendo também uma das maneiras mais rápidas de transmitir opiniões e de iniciar debates.

Tenho o prazer de ser militante de um Partido que continua a ter na sua base estrutural a democracia, onde podem existir divergências de ideias, de estratégias, várias listas a concorrerem ao mesmo tempo e no final, apesar das oposições, todos se reagrupam e lutam pelo mesmo objectivo.

A nossa camarada Carla Madeira é um exemplo disso. Ontem opositora, hoje apoiante do camarada Miguel Coelho. Na sua intervenção foi bem explícita nas razões que a levaram a apoiar esta candidatura.

Como sempre o camarada Jorge Coelho, bem ao seu estilo, frontal e enérgico, empolgou a sala com um discurso incisivo enaltecendo as ideias fortes da candidatura e que são necessárias para dar mais força ao Partido.

Por fim, a intervenção do Miguel Coelho, tão enérgica como a de Jorge Coelho, defendendo a sua candidatura que tem como lema “Por um Partido de Militantes – A Experiência para Preparar o Futuro”. Foi pioneiro na defesa da limitação de mandatos e o seu projecto vai servir para fortalecer, unir e preparar o Partido para as grandes batalhas que se aproximam, eleições Europeias, Legislativas e Autárquicas, não esquecendo também a defensa do Governo do camarada José Sócrates nas reformas e projectos que são necessárias para que tenhamos um país cada vez mais preparado para os desafios de uma UE cada vez maior.

Vi também a grande vontade de juntar a experiência dos mais velhos à energia dos mais novos como tentativa de renovação. Senti ainda no seu discurso a necessidade de ouvir o Partido, as suas Bases, as Secções, conseguindo com isto um Partido mais dinâmico, mais coeso e mais virado para as populações.


.

18/01/08

Reportagem fotográfica do jantar de candidatura

.



video
.
.

O JANTAR

..

Luis Coelho, via Forum Campo de Ourique

Ontem à noite, faltou muito pouco para sermos 500 no jantar de apoiantes da Candidatura de Miguel Coelho.
Após a confusão inicial, devido à grande afluência (acima de todas as expectativas) e que obrigou à montagem de mais mesas, Manuela Jeffree deu as boas vindas e a jornada começou com a apresentação do Blog da Campanha, muito bem feita pelo José Reis Santos. Pelo que se ouviu (e viu) vai mesmo valer a pena seguir a actividade da Candidatura pelo Blog.
Seguiram-se as intervenções da Carla Madeira que demonstrou como se trabalha para e pelos militantes e do Sérgio Cintra que leu as mensagens de apoio enviadas pelos ausentes Vasco Franco e José Gameiro.Foi então a vez de intervir do auto-afastado Jorge Coelho, uma referência partidária que contagia qualquer ambiente e que reafirmou as qualidades do Miguel Coelho para ser o Presidente do PS-Lisboa.
Finalmente, a prestação do Candidato, a justificar porque é que continua a ser o socialista mais bem colocado para dirigir a Concelhia e para unir os seus militantes de maneira a que o PS saia vitorioso nos 3 combates de 2009: europeias, legislativas e autárquicas.
Este jantar de apoio ao Miguel Coelho contou com a presença dos camaradas Joaquim Raposo, Maria de Belém Roseira, Mário Lino, Ana Paula Vitorino, Marcos Perestrello, Ana Sara Brito, Manuel Damásio, António Reis, Marta Rebelo, Manuela Augusto e de alguns convidados (com destaque para os Portuenses Orlando Gaspar e José Lello e do Oeirense Marcos Sá) e dos inúmeros autarcas de freguesia e membros dos secretariados das secções de residência e de acção sectorial que trouxeram com eles as bases do Partido, aqueles militantes anónimos, mas bem conhecidos, que fazem as campanhas do seu PS e que sentem no dia-a-dia as consequências, boas ou más, da actividade política.
Cá de Campo de Ourique quase que chegávamos à meia centena, com destaque para o Flávio Fonte, a Clara Pinto, o Fava Baptista e a Ana Lamy.
Entre outros camaradas, gostei de rever o Luís Tito, o José Mourato, o Zaluar Basílio e o Manuel Lage.
Enfim, uma jornada de convívio político a lembrar jantares de outras campanhas não muito distantes.

.

.

Jantar da Candidatura "Por um Partido de Militantes - A Experiência para Preparar o Futuro"


.

O Camarada Pedro Cardoso, no PS Belém, deixou as seguintes considerações sobre o jantar de ontem:


Ontem realizou-se o jantar de apoio à recandidatura de Miguel Coelho ao cargo de Presidente da Comissão Política da Concelhia do Partido Socialista. Sem dúvida uma noite a recordar, com uma afluência bastante significativa. Por momentos questionei-me se seria mesmo um jantar de apoio a uma candidatura concelhia, dado o número de notáveis e militantes de base que quiseram marcar presença.
Queria destacar as intervenções da noite. O nosso camarada e amigo José Reis Santos deu o mote, com uma intervenção bem conseguida, em que apresentou o blog da candidatura e abordou a importância das novas formas de comunicação para aproximar os militantes do partido. Seguiu-se a Carla Madeira que explicou as razões que a levam a apoiar a candidatura. O Sérgio Cintra que leu as mensagens de apoio enviadas por Vasco Franco e José Gameiro. Como não podia deixar de ser, o nosso camarada Jorge Coelho empolgou a sala e manifestou a sua solidariedade e apoio ao novo projecto liderado por Miguel Coelho. Para terminar a intervenção do Miguel Coelho também ela vigorosa, em que apresentou as razões que o levam a recandidatar-se pela última vez.
Defensor da limitação de mandatos, a sua recandidatura serve sobretudo para unir o partido e prepará-lo para os importantes desafios que se avizinham. A experiência é útil à renovação. O partido será mais forte, se souber aliar a experiência dos mais velhos à vitalidade dos mais novos. Foram estas as principais ideias que retive. Pelo que vi e ouvi o projecto "Por um Partido de Militantes - A Experiência para Preparar o Futuro" transporta dentro de si uma forte dinâmica de renovação.
Pedro Cardoso

.

After dinner

Simpáticas palavras do senhor Barbeiro


Não foi um retorno à política activa, porque (ainda) não apetece, mas o jantar de apoio a Miguel Coelho que se realizou hoje, foi um momento para rever muitos amigos e fez perceber que, para além dos acordos e desacordos a que a política nos impele, há gente, com cara de gente, que estimamos e respeitamos.

Foi um momento de grande prazer até por ter sido um acto político que, numa perspectiva desapaixonada e quase só de espectador, proporcionou a manifestação de amizade no apoio pessoal.

Não quero com isto dizer ser-me indiferente quem vença as eleições na Concelhia no próximo dia 7 de Março. Já referi anteriormente que apoio a candidatura de Miguel Coelho e nele votarei.

Somente quero dizer que, do discurso oficial que antecedeu o do candidato, nada ouvi que me mobilizasse e, antes pelo contrário, confirmei que não vamos lá com discursos paternalistas destinados a apagar a inteligência a favor de intelligentias exclusivas.

Continue a ler aqui o texto de Luís Novaes Tito.
.

17/01/08

Razões de uma candidatura





. ..

Um par de intenções deste blogue

.
Na moderna comunicação política a relação entre o emissor e o receptor tem de ser privilegiada, directa e instantânea. Hoje a política vive no «agora», no imediato. Tem uma duração efémera; assumindo-se como produto de consumo imediato. Sabemos então que só o que é comunicado existe.
Há quem produza política baseado só nestes princípios. Há quem pense que a política pode ser apenas propaganda, limitando os actores passivos (os eleitores) ao lugar de espectador-receptor, apenas.
Nos não concordamos com estas premissas. É necessário que a relação entre quem é eleito e elege, ou entre quem se candidata e a sua base de apoio, seja honesta, participativa e, por vezes, sem intermediários.
É verdade que a comunicação e o marketing é a face visível de qualquer projecto político, mas não deve ser nem a única nem a decisiva. Há um processo de interligação entre quem emite e quem recebe a mensagem que tem de ser construído por todos os envolvidos nos projectos políticos: Lideres, Equipas e Apoiantes.
Por isso a opção por esta blogue.
O blogue é, hoje, um instrumento que, devidamente preparado, pode colocar os instrumentos da política ao serviço de todos. Se dotado das ferramentas necessárias, pode ser uma forma impar de colocar pessoas em contacto, de promover ideias, debates, confrontos.
Neste sentido, é intenção assumida do blogue da candidatura do Camarada Miguel Coelho à Concelhia do PS Lisboa dotar os militantes do Partido Socialista da capital das ferramentas políticas que o permitam simultaneamente informar e ser informado.
Colocar os militantes no centro da política,
Será, necessariamente, um blogue político associado a uma candidatura; assumindo, nesse sentido, uma posição estratégica na campanha. Será através deste meio que muita da informação por nós considerada relevante será comunicada.
Mas não será um blogue unidimensional. Será um blogue onde a participação do militante será promovida, incentivada e solicitada de forma, atrevo-me a dizer, inovadora.
Para o efeito criámos um espaço de participação amplo e interactivo, onde qualquer militante ou interessado pode interagir com a campanha.
Apostámos num modelo de ligação directa entre o Militante do Partido Socialista em Lisboa e o Camarada Miguel Coelho; um modelo que desse mais voz ao Militante de Lisboa. Este espaço – Perguntem ao Miguel – é totalmente dedicado ao Militante, que desta forma lhe pode colocar qualquer questão, dúvida ou ideia de reflexão. Depois o Miguel Coelho responde.
Quer a pergunta quer a resposta serão gravadas por membros da nossa equipa de campanha, que estará ao dispor dos Militantes, que colocarão online todo o material produzido. Depois, de forma reflectida e articulada, construímos um canal no YouTube onde serão colocados os vídeos da campanha: as reportagens, as peças de campanha; as perguntas ao Miguel.
Aparte desta dinâmica de potenciar a Voz do Militante, desafiamos todos a enviarem textos, reflexões, críticas, que publicaremos no Blogue. A ideia, como vêm, é dar voz (e respostas) aos Militantes do PS Lisboa.
Esta candidatura há muitos que defende «um Partido de Militantes», activos e participativos. Hoje, quando apostamos fortemente na renovação do PS em Lisboa, é essencial sabermos aproveitar as potencialidades que as novas tecnologias nos oferecem e sabermos pensar novas formas de envolver a participação dos Militantes na vida do Partido, e dos cidadãos na vida Política.
Só assim poderá o PS Lisboa se preparar para os desafios de amanhã.
Só assim poderá o PS potenciar a relação com a Sociedade Civil, atraindo para os seus projectos políticos os melhores quadros e recursos humanos. Este processo de transformação, gradual e reflectido, é possível porque sabe aproveitar a experiência adquirida por um conjunto de socialistas que, de há muitos anos, souberam construir o nome do PS. Estas mulheres e estes homens, com uma experiência impar na vida da cidade de Lisboa - uma experiência de Câmara, de Assembleia Municipal, de Freguesia, Bairro, Colectividade, ou de Rua – são essenciais para que a renovação se proceda de forma pacifica e reflectida, bem ao jeito socialista.

Esse blogue coloca-se no apoio directo à prossecução destes importantes objectivos. Convosco, e com as equipas agora criadas, estou certo que saberemos estar à altura do que é de nós exigido.

Assim podemos ser o que ambicionamos: um instrumento privilegiado de pensar e executar Política, de forma activamente participada, que auxiliará o PS nas grandes batalhas de 2009: eleger representantes de Portugal na Europa, renovar a maioria eleitoral no País, e, reforçar, com maioria, a vitória em Lisboa.
É este o nosso desafio. É este o nosso futuro. Juntos, saberemos construí-lo.
.
.
.

Clara Pinto - Perguntem ao Miguel

.




Clara Pinto, Camarada da Sacção de Campo de Ourique, recentemente candidata à vereação da Câmara Municipal de Lisboa, questiona o Miguel Coelho sobre Cultura. Que projectos tem a candidatura Miguel Coelho 08 para a área da Cultura?
Recordamos que a última Comissão Política Concelhia de Lisboa foi desenhada especialmente para a área da Educação e Cultura, e contou com a presença da Senhora Vereadora Rosália Vargas; numa sessão de invulgar participação e interesse.
.
.
.

Apresentação do Blogue

.

07/01/08

APRESENTAÇÃO DA CANDIDATURA

Cara e Caro Camarada,

No dia 7 de Março de 2008 vão realizar-se eleições para a Comissão Política Concelhia de Lisboa.

Depois de uma profunda reflexão e de ouvir a opinião de muitos camaradas, decidi recandidatar-me ao cargo de Presidente da Comissão Política da Concelhia.

Para lhe explicar as razões e os objectivos desta candidatura, venho convida-la (o) para um jantar que se realizará no próximo dia 17 de Janeiro (5ª feira) pelas 20h30 no Mercado da Ribeira.

O preço por pessoa é de 12€ e as inscrições podem ser feitas para os seguintes contactos:

· Maria João Correia 96 630 08 52
· Custódia Fernandes 91 758 84 63
· Cândida Madeira 91 757 36 44
· PS/Limoeiro 21 886 19 14

Contando com a sua presença e apoio, aproveito para lhe enviar as minhas cordiais saudações Socialistas,

Miguel Coelho